BLOG
Avatar SuperFilter
Mônica SuperFilter 29 de março de 2024

Qual o melhor horário para regar as plantas?

O que você vai encontrar neste artigo:

Ter plantas em casa muda a cara de qualquer ambiente, além disso, muitas delas ajudam a melhorar a qualidade do ar. Independente dos benefícios, é importante saber quais devem ser os cuidados ao regar as plantas, pois cada espécie tem uma necessidade para se manter sempre saudável e bonita.

E o motivo para prestar atenção a esse detalhe é que todas elas precisam de regas periódicas para crescerem fortes. A água pura também auxilia na absorção de nutrientes da terra pelas plantas, principalmente quanto a realização da fotossíntese.

melhor horário para regar plantas

Regras gerais para regar plantas

Como dissemos, cada planta tem uma necessidade diferente, mas existem algumas dicas gerais que podem ser aplicadas a todas elas:

  • Os melhores horários para regar as plantas são os do começo da manhã e no final da tarde, após às 15h. Evite molhar as plantas em horários muito quentes, pois a água evapora rápido demais e elas não conseguem absorver a quantidade necessária para se manterem fortes. Regar a noite também não é indicado, pois a absorção também é menor, o que pode deixar as folhas molhadas por mais tempo.
  • A água ideal para as plantas é a pura, pois está livre de substâncias que podem ser nocivas para elas. A temperatura da água também é importante: esta deve estar sempre em temperatura ambiente para evitar choques térmicos.
  • Nem água demais, nem de menos. É importante dosar bem a quantidade a ser dada para a planta, já que poucas regas comprometem o desenvolvimento dela e em excesso apodrecem as raízes, contribuindo para o aparecimento de fungos.
  • Não é necessário molhar as folhas, pois isso pode gerar fungos. Regue sempre a base da planta e pare quando observar que a terra começou a absorver a água.

 

Leia Mais:

>> Como fazer jardins em casa?

>> Dicas para usar a água de forma mais consciente em casa

 

3 dicas para regar o seu jardim

Existem algumas dicas de regar o jardim para que você assegure a longevidade das plantas, flores, vegetais e também economizando este recurso tão importante para o nosso planeta.

 

1. Regue quando não estiver ventando

O vento é um dos inimigos de uma boa rega porque facilmente desloca as partículas de água, não deixando que estas penetrem as plantas e o solo. Além disso, contribui para secar rapidamente a terra. O resultado? Um solo seco, água desperdiçada e a necessidade de voltar a regar.

 

2. Regue sempre próximo ao solo

A forma mais eficaz de garantir um solo úmido é regar junto do mesmo, ou seja, em vez de espalhar água superficialmente, na hora de regar posicione a mangueira ou o regador junto da terra. Desta forma, a água irá penetrar nas raízes das plantas, sem perder água por motivos de evaporação ou por escorrer para outras zonas do jardim.

 

3. Regar menos vezes, mas profundamente

Uma boa rega não deve ser medida em termos de quantidade, mas sim de profundidade. Ao regar sempre próximo do solo estará a garantir uma rega em profundidade, o que assegura de forma mais eficaz os níveis de umidade necessários a um solo saudável, ao contrário de uma rega mais superficial, onde a água pode facilmente evaporar.

Uma rega em profundidade também promove a deslocação das raízes das plantas para zonas do solo mais fundas. O que é ideal, uma vez que é precisamente nessas zonas onde a umidade é armazenada durante mais tempo, ou seja, muito mais tempo do que na superfície de um jardim.

Devo usar água purificada para regar as plantas?

A escolha entre usar água purificada ou não para regar plantas depende de vários fatores, incluindo o tipo de planta, a qualidade da água local e as condições ambientais. 

Água purificada, como a destilada ou filtrada, pode ser benéfica para plantas sensíveis a minerais e cloro presentes na água da torneira. Isso é particularmente importante em áreas onde a água contém altos níveis de substâncias químicas ou sais, que podem acumular-se no solo e prejudicar o crescimento das plantas. Por outro lado, para a maioria das plantas de jardim e domésticas, a água da torneira é geralmente adequada e mais econômica. 

Além disso, alguns minerais presentes na água da torneira, como cálcio e magnésio, podem ser benéficos para o crescimento das plantas. Contudo, se a água da torneira for extremamente dura ou contiver cloro em excesso, deixá-la repousar ao ar livre por 24 horas antes de usar pode ajudar a dissipar o cloro e a reduzir a concentração de minerais, tornando-a mais segura para as plantas. 

Portanto, a decisão deve ser baseada em uma análise cuidadosa das necessidades específicas das plantas e das características da água disponível.

Caso você tenha essa necessidade, de água purificada para regar as suas plantas, o ideal é ter um purificador de água eficiente em seu lar. Na Superfilter você tem as melhores opções de purificadores para ter água pura sempre em casa e deixar suas plantas ainda mais bonitas e saudáveis.

Deixe seu Comentário
Deixe seu Comentário

Quer receber promoções exclusivas?

Receba em primeira mão nossas ofertas